Sábado, 24 de Agosto de 2019

29/9/2016 - Campinas - SP

Conheça as equipes que representam a Unicamp no Spin 2016




da assessoria de imprensa 

Kaihatsu e Torpedo Saúde são as duas equipes formadas por alunos da Unicamp que irão apresentar seus modelos de negócio, durante a competição Model2Market, no Spin 2016, evento realizado entre 29 de setembro e 1 de outubro em Santiago de Compostela, na Espanha. Trata-se de uma iniciativa da RedEmprendia para  apoiar novos empreendedores.

Segunda colocada no Desafio Unicamp 2016, a Kaihatsu trabalha com um modelo de negócios a partir de tecnologia desenvolvida na própria universidade e que permite a secagem do lodo de esgoto, buscando reaproveitar o resíduo, gerando em grande quantidade no tratamento de efluentes. Fazem parte da equipe: Bruno Fini, José Roberto Savietto Junior, Alex Ikeda, Bruno Queiroz e Luigi Baldini Pauluci.

“A tecnologia tem o objetivo de promover uma secagem total do material em 15 dias, usando apenas energia solar e eólica, além de um sistema drenante, e se baseia em materiais de alvenaria e biodegradáveis, possuindo um custo baixo de construção e operação”, afirma Fini.

Já a equipe Torpedo Saúde desenvolveu um aplicativo que busca combater o contágio de doenças como a dengue, o zika vírus, a tuberculose e a raiva. Um dos pontos altos da tecnologia é o fato de possibilitar que seus usuários recebam mensagens avisando sobre o risco de transmissão em raio de até 300 metros, além de repassar informações sobre os sintomas e os métodos de prevenção.

“Conseguimos aprender a aprimorar o modelo de negócio e ter opinião de futuros usuários de nossa plataforma. Achamos fundamental realizar essa capacitação para conseguir ter uma visão envolvente do negócio e estamos muito agradecidos pela oportunidade. Para além do prêmio econômico o Spin2016 nos oferece uma grande oportunidade de networking, aprendizagem e ajuda para que o projeto cresça.  Vai permitir-nos evoluir como empreendedores”, avaliam os membros da equipe, formada por Davi Rodrigues, João Sakai, Felipe Ribeiro e Renato Tadeu Rodrigues.

Mais sobre o Model2Market e o Spin 2016

A competição vai disponibilizar capacitação aos participantes e haverá distribuição de prêmios no valor de 100 mil euros. Além dos quatro projetos brasileiros, há 8 projetos provenientes de universidades de Espanha, 5 do México, 2 da Argentina, 3 do Peru, 3 da Colômbia, 2 de Portugal, 1 do Chile, 1 do Equador e 1 do Uruguai, entre os finalistas do Programa. No total, inscreveram-se para a competição 460 projetos provenientes de 12 países.

Os projetos finalistas disponibilizam soluções inovadoras para problemas na área da segurança viária, controle e prevenção de doenças de alto contágio e a  integração de pessoas em risco de pobreza ou de exclusão social. Incluem-se também iniciativas relacionadas aos novos setores como a economia colaborativa e a biotecnologia e propostas empresariais no âmbito das indústrias culturais e criativas, TIC, saúde, agricultura, pecuária e eficiência energética.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Campinas Fácil.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.