Segunda-Feira, 14 de Outubro de 2019

3/10/2019 - Campinas - SP

Câmara aprova Moção de Apelo para construção de retorno para Campinas




da assessoria de imprensa da Câmara de Vereadores de Campinas

A Câmara de Campinas aprovou, por unanimidade, Moção de Apelo ao DER (Departamento de Estradas e Rodagens) e à concessionária Rota das Bandeiras, responsável pelo Anel Viário José Roberto Magalhães Teixeira (SP-083), para construir uma opção de retorno para motoristas que trafegam pela Rodovia Francisco Von Zuben (SP-091), também denominada Avenida Engenheiro Antônio Francisco de Paula Souza, no sentido Valinhos e que desejam retornar a Campinas.

De acordo com o vereador Ailton da Farmácia (PSD), autor da moção, a concessionária Rota das Bandeiras reformulou o trevo Valinhos-Campinas, no km 8, do Anel Viário. Porém, não previu uma possibilidade de acesso a Campinas após o Cemitério Parque das Acácias, na zona sul da cidade. “É um absurdo porque o motorista que vai, por exemplo, ao Cemitério Parque das Acácias, é obrigado a fazer o retorno na Avenida Invernada, em Valinhos, distante cinco quilômetros. Para ir e voltar nesse retorno, são dez quilômetros de distância”, explica Ailton da Farmácia.

Os retornos na Rodovia Francisco Von Zuben são apenas na altura do Hipermercado Carrefour e da Loja Havan. “As duas únicas opções de retorno, em Campinas, além de precárias. Estão localizadas na Rua Maria Mercedes Etter Von Zuben, em um trecho de apartamentos residenciais com grande quantidade de moradores, que transitam por dentro do estacionamento do Carrefour ou mesmo da loja Havan para irem à região central e aos demais bairros de Campinas”.

A outra opção de retorno é a passagem sob a rodovia, na Rua Mário de Souza Damy, no Jardim Antônio Von Zuben, mas que não atende aos visitantes e trabalhadores do Cemitério Parque das Acácias”, completa Ailton da Farmácia. 

O parlamentar explica que, apesar de o trevo Campinas-Valinhos ter sido inaugurado em 2015, não consta retorno para Campinas. A obra, de responsabilidade da concessionária Rota das Bandeiras, foi orçada em R$ 18,7 milhões, segundo informações do site da Concessionária. “Como atuo e sou morador desta região, recebo muitas reclamações da população. Não faz o menor sentido para o motorista de Campinas ser obrigado a fazer um retorno em Valinhos para retornar a Campinas”, finaliza Ailton da Farmácia.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Campinas Fácil.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.