Segunda-Feira, 22 de Abril de 2019

20/9/2016 - Campinas - SP

Aluno de Ciências do Esporte cria jogo para deficientes físicos




da assessoria de imprensa

Diego da Silva Mota, 19 anos, nascido em Limeira, está no segundo ano do curso de Ciências do Esporte e diz que um dos planos mais importantes para sua formação é construir conhecimentos sólidos e adquirir experiência profissional na área de esportes adaptados. Dois anos atrás, ele achava ser impossível estudar em uma universidade pública: “era como um sonho distante”.

Entretanto, quando cursava o terceiro ano do ensino médio na Escola Técnica Estadual Trajano Camargo, sua escola recebeu a visita dos “Embaixadores da FCA” (alunos da Faculdade que vão até as escolas conversar sobre os cursos de graduação) e ele ouviu uma aluna falando sobre o curso de Ciências do Esporte. Nesse momento, Diego conta que decidiu pesquisar mais sobre o curso, conversou com seu professor de educação física e resolveu prestar o vestibular.

Ainda no ensino médio, juntamente com outros dois colegas, Diego havia desenvolvido um jogo de tabuleiro adaptado para pessoas com deficiência física nas mãos e/ou braços (nomeado de JOTADEF) e trabalhado como voluntário na Associação de Reabilitação Infantil Limeirense (ARIL). “O objetivo do jogo é estimular a prática de esportes da mente, estimular o raciocínio lógico, auxiliar na fisioterapia e promover a socialização e inclusão social dos praticantes”. O projeto levou o segundo lugar na mostra de ciências e tecnologia do instituto 3M, sendo esta a primeira vez que alunos da Trajano Camargo e da cidade de Limeira foram premiados no evento. Ele conta que essas experiências foram essenciais para que decidisse cursar a graduação em Ciências do Esporte e que sua escolha tem se mostrado bastante acertada.

O aluno diz que se “encantou” pela área de pedagogia do esporte, assim como por outras disciplinas que compõem a variedade de conhecimentos que o curso engloba. “O curso me permite conhecer mais a fundo leis, estatutos e projetos voltados à área dos esportes adaptados. Disciplinas como Psicologia da Aprendizagem, Políticas Públicas em Esporte, Pedagogia do Jogo, Pedagogia do Esporte, Introdução aos Esportes Adaptados colaboram, de maneira teórico-prática, para que eu entenda múltiplos aspectos relacionados aos jogos para pessoas com deficiência e de que formas posso aprimorar o JOTADEF para que ele beneficie, de maneira cada vez mais efetiva, um número crescente de pessoas”. Para aqueles que vêem a universidade pública como um sonho distante, Diego afirma: “é um sonho muito mais próximo do que imaginam. Basta um pouco de dedicação e foco. Vale muito a pena investir.” 



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Campinas Fácil.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.